As presenças e vídeos mais marcantes do LACNIC 29

30/05/2018

A reunião LACNIC 29 deixou excelentes apresentações sobre a importância do desenvolvimento do IPv6, as complexidades do roteamento das redes, os novos cenários sobre as ameaças cibernéticas e um novo processo de elaboração das políticas da comunidade de LACNIC, entre outros assuntos relevantes.

Mais de 620 participantes de 34 países e outros 2.600 seguidores remotos via streaming das conferências e palestras, marcam o sucesso de uma reunião que reuniu representantes de toda a comunidade de LACNIC.

Convencer os chefes. Lee Howard, um dos principais especialistas em IPv6, falou sobre a melhor maneira de convencer os chefes sobre a necessidade de implementar esse protocolo da Internet. Lee enfatizou que, com argumentos sólidos, pode ser desenvolvido um negócio baseado em dados para qualquer empresa, sempre levando em conta suas prioridades. Em sua apresentação, Howard destacou as oportunidades emergentes e mostrou como o IPv6 pode ser colocado acima das outras prioridades da empresa. Confira o vídeo aqui

Internet das Coisas Inseguras. Por sua vez, Bob Hinden abordou o desenvolvimento da Internet das Coisas com uma nova abordagem e na perspectiva da segurança. Primeiro contou a história de como o IPv6 foi desenvolvido, explicou em qual fase estamos hoje e quais os desafios que nos aguardam. Depois abordou os problemas de segurança na Internet, para finalmente apresentar as dificuldades de segurança da Internet das Coisas, ataques recentes baseados na IoT e algumas ideias sobre possíveis soluções. Confira o vídeo aqui.

Desafios e soluções ao roteamento global Em sua palestra, Job Snijders ponderou o complexo ecossistema de roteamento da Internet, formado pelas interconexões nos sistemas autônomos (ASN). Ele levantou os principais desafios para garantir a segurança do próprio sistema de roteamento e deu como exemplo os incidentes de roteamento que atingem os titulares da mídia devido a erros de configuração ou atividades maliciosas. Ele salientou a importância de criar filtros BGP para proteger as operações e transações na Internet e garantiu que todos os membros do ecossistema desempenham um papel importante na proteção mútua da rede. Confira o vídeo aqui.

Os novos invasores da Internet. Nicolás Waisman, especialista em segurança de computadores, elaborou sua palestra sobre como os invasores se adaptaram às mudanças na tecnologia. E levantou a questão do futuro se os especialistas da Internet realmente sabem contra que estão defendendo a rede ou a quem devem perseguir na Internet. Confira o vídeo aqui.

Ferramentas de código aberto. Durante o Fórum Técnico de LACNIC –que teve sua primeira edição no LACNIC 29, José Leitao e Daniel Rodriguez do Facebook compartilharam com a comunidade um novo projeto sobre a construção de uma versão do NetNorad usando ferramentas de código aberto. Confira a apresentação aqui.

Operadores de redes. No Fórum de Operadores de Redes da América Latina e o Caribe (LACNOG), foi destaque a palestra de Álvaro Retana, vice-presidente de estratégias e tecnologias da Huawei. Retana fez referência à última tecnologia para administrar redes baseadas em modelos de dados. Confira o vídeo aqui. Assista a apresentação completa aqui.

Um modelo mais simples. Durante o Fórum Público de Políticas de LACNIC, houve consenso sobre uma importante mudança no Processo de Desenvolvimento de Políticas (PDP). Proposta por Jordi Palet, a comunidade concordou na elaboração de uma política que estabeleça que o consenso seja determinado por um equilíbrio entre os comentários na lista de políticas e a discussão no fórum. Os moderadores vão ter duas semanas para verificar se houve ou não consenso quanto a uma política. Também, a proposta de Jordi incorpora um processo de apelação, caso existam discrepâncias em relação ao consenso.

Confira a apresentação da proposta aqui.

Suscríbete para recibir las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber as últimas novidades no seu e-mail