Quatro novos diretores de LACNIC

29/10/2015

Os associados de LACNIC finalizaram o processo de escolha de quatro cargos na Diretoria, com a seleção dos candidatos mais votados entre os 16 postulantes que se apresentaram para preencher as vagas geradas a partir de 31 de dezembro deste ano.

Os sócios de LACNIC –foram apurados 2.222 votos- decidiram renovar a confiança que têm em Hartmut Glaser (Brasil), Alejandro Guzman (Colômbia) e Rafael Ibarra (El Salvador) ao reelegê-los para seus cargos até 31 de dezembro de 2018, enquanto que Gabriel Adonaylo (Argentina) resultou eleito pela primeira vez para integrar a Diretoria da organização até o dia 31 de dezembro de 2017.

Com o respaldo obtido, Glaser, quem desde 1999 participou na iniciativa de organizar um RIR para a região que foi cristalizada na criação de LACNIC, procura continuar contribuindo com o desenvolvimento da Internet na América Latina e o Caribe, e principalmente garantir a inclusão digital de toda a população da região. “Como Secretário Executivo do CGI.br (que sempre foi um parceiro fundamental de LACNIC no seu caminho), tenho a intenção de colocar toda a minha experiência da minha vida profissional, a disposição de LACNIC na implementação de seus projetos e outras atividades planejadas para a nossa região”, aponta esse doutor em engenharia pela Universidade de São Paulo, membro da Diretoria de LACNIC desde seus inícios em 2002.

Por sua vez, Guzmán, está motivado para aportar desde a Diretoria “a melhoria da eficiência e sustentabilidade institucional” de LACNIC. Engenheiro e especialista em Telecomunicações, Guzmán é hoje manager de distribuição de conteúdos do Google para a América Latina. Ele considera que LACNIC já está na fase de maturidade como organização e que as frentes de trabalho mais importantes são a participação nos processos regionais e globais sobre a governança da Internet, a liderança dos espaços de colaboração da comunidade da América Latina e o Caribe, o impulso das condições necessárias para um crescimento contínuo da Internet na região e a adoção dos padrões e tecnologias que melhorem o desempenho e a segurança da Internet na área de cobertura de LACNIC.

O salvadorenho Lito Ibarra, reeleito até 2018, é outro membro da comunidade que conhece o LACNIC desde seus inícios já que de forma simultânea à criação do Registro Regional da Internet ele, em parceria com outros especialistas de destaque das TIC da região, fundava organizações irmãs, como LACTLD e a RedCLARA. Ibarra salienta que o LACNIC, além de cumprir com suas funções técnicas de preservar a segurança, a estabilidade e a continuidade do funcionamento da Internet “com profissionalismo e liderança contínua, projeta-se para estimular o desenvolvimento através do avanço tecnológico”.  Ibarra enfatiza que LACNIC ocupa um lugar especial no ecossistema da Internet porque “apoia projetos e iniciativas que permitem iniciar ou expandir empreendimentos que, sendo originalmente tecnológicos, impactam de forma decisiva no desenvolvimento social e econômico das regiões alcançadas.”

Para Adonaylo vai ser a primeira vez na Diretoria de LACNIC, embora tenha mais de dez anos envolvido com diferentes atividades da organização e integra desde 2005 a Comissão Fiscal de LACNIC. “O interesse em fazer parte da Diretoria radica em poder contribuir através da minha experiência na promoção do desenvolvimento e na melhoria das condições da Internet na região”, antecipa esse engenheiro em sistemas da Informação pela Universidade Tecnológica Nacional da Argentina.

Adonaylo chega com grandes expectativas, porque o papel de LACNIC “é e tem sido chave não apenas na região, mas também em uma escala global.” Pessoalmente, sente uma motivação profunda para “colocar ao serviço da comunidade o que aprendera em todos esses anos de carreira.”

Suscríbete para recibir las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber as últimas novidades no seu e-mail