Mais de US$ 200 mil em prêmios e bolsas

23/12/2015

O Fundo Regional para a Inovação Digital na América Latina e o Caribe (FRIDA) pretende entregar mais de US$ 200 mil em prêmios, bolsas e escalamentos em suas quatro chamadas programadas para o ano de 2016, anunciou a nova responsável por esta iniciativa de LACNIC, Carolina Caeiro.
Em todos os casos, os fundos vão estar destinados a financiar e reconhecer iniciativas inovadoras e projetos destacados em Tecnologias da Informação (TIC) na América Latina e o Caribe.
Caeiro salientou que em 2016 os prêmios do FRIDA vão passar de US$3.000 a US$5.000 e as bolsas e escalamentos vão variar entre os US$20.000 e U$40.000. O plano para o próximo ano –afirmou Caeiro- é “colocar especial ênfase nos soft services do FRIDA, acompanhando a nossos beneficiários nas atividades de desenvolvimento de capacidades e networking, promovendo, em particular, as articulações entre projetos que tenham recebido financiamento do FRIDA no passado”.
Caeiro tem um Mestrado em Estudos de Desenvolvimento pelo Graduate Institute of International and Development Studies (Suíça) e uma Licenciatura em Ciências Políticas e Sociologia pelo Middlebury College (EUA). “Para mim é uma honra muito grande fazer parte do trabalho no programa FRIDA” reconheceu Caeiro, quem antes de se juntar ao LACNIC trabalhou em Chequeado, mídia digital premiada pelo FRIDA em 2013 e apoiado com fundos para um escalamento em 2014.

“Por esta experiência –acrescentou a nova responsável do FRIDA- conheço bem de primeira mão o impacto que pode ter FRIDA em uma organização em crescimento, e agora em LACNIC, assumo a coordenação do programa com muito entusiasmo e ciente da responsabilidade que isso implica, além do impacto transformador que podemos ter sobre iniciativas na América Latina e o Caribe”.
Novo rumo. Este ano FRIDA está encerrando um período de trabalho de três anos financiado com o apoio de SIDA e IDRC, e a colaboração regional da Internet Society. A partir de 2016 começa uma nova etapa de trabalho, afirmou Caeiro, incorporando aprendizados do já feito e incorporando novos componentes. “Confiamos em que esta evolução do FRIDA vai nos permitir ter maior impacto e chegada na região, na medida em que nos fortalecemos e crescemos em paridade com os projetos que temos financiado na região”, finalizou a nova responsável do FRIDA.
Podem seguir a FRIDA nas redes sociais (@programaFrida /FondoRegionalFRIDA), visitar a página www.programafrida.net e ficar ligados à chamada para propostas de 2016 que será aberta no primeiro semestre do próximo ano.

Suscríbete para recibir las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber as últimas novidades no seu e-mail