Premiados de FRIDA no Fórum de Governança da Internet

30/11/2015

Seed Alliance, a aliança de colaboração estabelecida entre os três RIR (APNIC, AFRINIC, e LACNIC) para suas iniciativas ISIF Ásia, FIRE e FRIDA, orientados à implementação de bolsas e prêmios nas regiões da Ásia, África e América Latina e o Caribe, teve uma forte presença no Fórum de Governança 2015 realizado em novembro no Brasil.

No IGF, Seed Alliance comemorou a entrega de prêmios aos vencedores da edição 2015 cujos projetos contribuiram com o desenvolvimento local e global da Internet.

Do programa FRIDA foram premiadas as iniciativas QuintanaLibre: Rede Digital Comunitária de Altermundi (Argentina) e Telepsiquiatria nas prisões da Universidade de Caldas (Colômbia). QuintanaLibre criou uma rede digital comunitária nem uma área da província de Córdoba (Argentina)   em que o acesso à Internet era praticamente nulo, e Telepsiquiatria nas prisões impulsionou um modelo inédito de assistência psiquiátrica para pessoas privadas de liberdade usando as TIC na Colômbia. Veja https://goo.gl/KwdLZU.

Durante a cerimônia de premiação no IGF (vídeo bit.ly/1QhXAbK) foram entregues reconhecimentos às entidades financiadoras de Seed Alliance, IDRC e SIDA, e foi anunciada a incorporação da Internet Society  na Seed Alliance com apoio a projetos inovadores relacionados com o desenvolvimento da Internet.

Em comemoração aos 10 anos de FRIDA também houve agradecimentos especiais aos membros do júri e formadores do programa: Ida Holz Bard, Valeria Betancourt, Amparo Arango Echeverri, Jesús Martinez Alfonso, Ana Rivoir e Edmundo Vitale Dori (ausente).

Animar-se a procurar recursos. O programa FRIDA, através de sua nova responsável Carolina Caeiro, também participou no IGF do Brasil em uma oficina sobre financiamento de iniciativas inovadoras.

Durante a oficina, em que foi debatido acerca do apoio à inovação realizado pelos diferentes setores (agências de cooperação oficial, privados e comunidade técnica), Jens Karberg, responsável pelo Programa de TIC para o Desenvolvimento da Agência de Cooperação Sueca, afirmou que no financiamento dos projetos de inovação devemos aprender tanto dos casos bem-sucedidos quanto dos que não conseguem atingir o sucesso.

Paul Wilson, diretor geral de APNIC, salientou as contribuições do programa FRIDA, FIRE e ISIF Ásia para fortalecer o desenvolvimento da América Latina e o Caribe, África e Ásia, respectivamente, através do oferecimento de oportunidades como seus programas de prêmios e subsídios.

Laurent Elder, líder do Programa de Informações e Redes de IDRC, apontou que os projetos que procuram financiamento devem apelar à criatividade e à visibilidade. A criatividade para oferecer uma solução diferente aos problemas de desenvolvimento, e a visibilidade para dar-se a conhecer e ter chegada aos financiadores.

Por último, Vint Cerf, vice-presidente mundial e Chief Internet Evangelist do Google, salientou que pequenos subsídios como os fornecidos por FRIDA ajudam a remover riscos facilitando assim a entrada de investidores. Assim mesmo, Vint disse que as inovações nem sempre devem ser hightech, mas que o valor está focado em ter uma boa solução para os problemas que importam. Vídeo da oficina bit.ly/1QhXn8n

Suscríbete para recibir las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber as últimas novidades no seu e-mail