O IPv6 ganha impulso na região

22/12/2016

LACNIC tem incrementado suas iniciativas neste ano para alcançar uma implementação eficaz do IPv6 na América Latina e o Caribe, ajudando às organizações da região e formando técnicos e profissionais sobre a última versão do protocolo da Internet que substitui ao IPv4.

Hoje de 1.717 redes da região, cerca de 1.050 já estão anunciando o IPv6,  64% mais do que o ano passado. Embora seja um bom número, a quantidade de tráfego que está circulando no IPv6 nos territórios de LACNIC ainda está longe de ser um valor ideal (menos de 1%). Apenas 5 países têm tráfego maior a 1%. O Brasil, Equador e Peru são os países que fizeram um maior esforço nesse sentido.

Entre as iniciativas para ajudar à expansão do IPv6, LACNIC implementou neste ano o “Doutor IPv6”, um programa inovador em que os membros da comunidade realizam consultas técnicas por correio eletrônico e recebem uma resposta em formato podcast.

Em seus primeiros meses de funcionamento, o Doutor IPv6 recebeu 21 perguntas sobre diferentes aspectos técnicos do Protocolo Versão 6 da Internet. O site deste projeto de LACNIC já foi acessado mais de 13 mil vezes procurando as respostas dos especialistas que participam da iniciativa, liderando o ranking o Brasil, Colômbia, Argentina e Venezuela. Também houve interesse de fora da região, principalmente usuários da Espanha, Estados Unidos e Rússia.

Dar respostas elaboradas pelos colaboradores do Doutor IPv6, 20 foram em espanhol e uma delas em inglês.

Mais de 2.300 formados. Até agora, em 2016, LACNIC realizou 16 formações no IPv6 entre oficinas e webinars ditadas pelos seus especialistas. Nessas 16 formações foram instruídos 2371 profissionais de empresas, organizações da sociedade civil, governos e universidades da Argentina, Colômbia, Cuba, El Salvador, Suriname, Equador, Costa Rica e Uruguai. Também participaram técnicos de outros territórios de LACNIC através dos webinars via on-line.

Também a comunidade de LACNIC esteve muito ativa na promoção de novas políticas sobre IPv6, adaptando as normas às mudanças que o crescimento deste protocolo impõe. Por isso, depois de sua discussão na lista de correio e no Fórum de Políticas foram aprovadas duas políticas sobre o IPv6: a alteração do tamanho e sucessivas designações diretas IPv6 para usuários finais
https://politicas.lacnic.net/politicas/detail/id/LAC-2016-6?language=sp e a alteração de designações diretas IPv6 para usuários finais
https://politicas.lacnic.net/politicas/detail/id/LAC-2016-4?language=sp

Para mais informações sobre as ações de LACNIC em questões relacionadas ao IPv6 no portal criado especialmente para o impulso deste protocolo da Internet, acesse: http://portalipv6.lacnic.net/pt-br/

Suscríbete para recibir las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber as últimas novidades no seu e-mail