Internet em um litro de luz

26/01/2022

Uma conversa entre dois colegas de uma universidade colombiana deu origem a uma iniciativa que parecia impossível: levar Internet para o meio da floresta, onde não havia sequer eletricidade.

Assim surgiu “Conectividade para a Internet e Iluminação para o Cabildo Indígena Yunguillo” que além de conectar os habitantes à rede global de uma localidade da floresta colombiana, permitiu também a iluminação de seus espaços públicos.

Este projeto foi subvencionado pelo programa FRIDA do LACNIC em 2020, na categoria Acesso à Internet.

Camilo José Herrera, diretor executivo de Litro de Luz LATAM, assegurou que FRIDA é uma grande plataforma para fortalecer qualquer projeto.

Como nasceu o projeto Conectividade para a Internet e Iluminação para o Cabildo Indígena Yunguillo?

O projeto surgiu na diretoria da Universidade EAN em Bogotá, onde conheci a governadora indígena Nidia Becerra. Após saber mais sobre o seu lugar de origem, Nidia apontou as falhas de infraestrutura em sua comunidade e a falta de serviço de Internet. Diante desta situação foi criado o projeto, com o intuito de levar uma conexão estável e duradoura de Internet ao Cabildo e iluminar seus espaços públicos.

Qual a tecnologia utilizada para levar a adiante a iniciativa e proporcionar conectividade à Internet nessa localidade?

A única conectividade possível no Cabildo é via satélite, uma vez que a região da floresta onde está localizado não possui cobertura de telecomunicações, nem energia, água potável, nem aqueduto. Em geral é um território indígena protegido, com mais de 24.000 hectares.

Para a implementação de Internet foram utilizadas duas antenas de satélite, routers para exteriores (os quais permitem conectividade para 400 pessoas de forma simultânea) e a tecnologia de iluminação de litro de luz com luminárias LED de última geração, de 192 lúmenes por watts, bem como o nosso avançado controlador de carga MPPT.

O que é Litro de Luz ELloT e como funciona?

ELloT é um produto desenhado no ano 2015 por Litro de Luz, o qual responde às qualidades: Energy – Light – Internet Of Things.

É um poste de iluminação pública que utiliza energia solar e elementos disponíveis em qualquer mercado, como tubos de PVC e garrafas pet. O objetivo é que à medida que uma comunidade for iluminada, seja criada uma rede WiFi de acesso à Internet.

Todos os equipamentos necessários para a implementação da Internet bem como para a iluminação, são energizados por painéis solares e baterias, o que faz do ELIoT um produto que pode ser levado a qualquer lugar do mundo, sem importar se existe ou não energia elétrica convencional.

Para o funcionamento das antenas de Internet via satélite foram criados sistemas de energia solar de suporte para manter os equipamentos on-line.

Quais foram os resultados deste projeto após o apoio recebido pelo FRIDA? Que avaliação você faz sobre a sua participação na chamada do FRIDA?

Conseguimos obter o prêmio ORG Impact na categoria de Building Communities e entramos na lista das 500 iniciativas mais influentes da América Latina. Atualmente estamos desenvolvendo dois pilotos no Equador e em Honduras, onde fizemos uma réplica do que foi realizado em Yunguillo.

Acreditamos que o FRIDA é uma grande plataforma para fortalecer qualquer projeto que for beneficiado com a subvenção ou com o prêmio, contar com o seu apoio foi fundamental para renová-lo e colocá-lo na mira de muitos atores.

Suscríbete para recibir las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber as últimas novidades no seu e-mail