Alianças para promover a segurança cibernética

28/03/2017

O Centro Coordenador de Respostas a Incidentes em Segurança Informática para os membros da comunidade de LACNIC (WARP LACNIC) concretizou acordos com importantes organizações do mundo todo dedicadas a promover a cibersegurança, a proteção de dados e a conexão segura a Internet.

Estas alianças permitirão fortalecer a capacidade de resposta da região, treinar especialistas regionais com o apoio de profissionais de destaque, e integrar núcleos destacados da elite global de cibersegurança, salientou a responsável do WARP de LACNIC, Graciela Martínez.

FIRST. Uma das primeiras alianças concretizadas foi com o Fórum Global de Resposta a Incidentes e Equipes de Segurança (FIRST) através de um acordo para apoiar o desenvolvimento da capacidade de resposta a incidentes cibernéticos na região.

Como parte do acordo, FIRST disponibilizou seus programas e capacidades de formação para seu uso com equipes regionais. “Nós trazemos o nosso quadro local de formadores para ministrar os cursos de FIRST dentro da região e nos associamos estreitamente com FIRST na organização de eventos”, disse Martinez.

Esta aliança reforçou as oficinas do projeto AMPARO de LACNIC porque permitiu coordenar eventos e conferências sobre questões de segurança e de problemas que a região enfrenta com os planos de formação do FIRST.

Anti-abuso. Outro passos importante em matéria de segurança foi a integração de LACNIC ao Grupo de Trabalho Anti-abuso de Mensagens, Malware e Móvel para colaborar com os assuntos globais de cibersegurança.

Como parte desta parceria, LACNIC pode acessar plataformas para combater ameaças on-line e interagir com prestadores de serviços e comunidades de segurança on-line.

“Nossa participação no M3AAWG permite interagir de forma ativa com pesquisadores e especialistas de destaque do mundo todo acerca de quais técnicas anti-abuso funcionam corretamente e por que, ao mesmo tempo em que é compartilhada nossa perspectiva regional. Uma melhor compreensão das melhores práticas do M3AAWG pode ajudar a melhorar os esforços locais na área de segurança informática, minimizar as ameaças e criar mais oportunidades econômicas para os cidadãos da América Latina”, salientou Graciela Martínez.

Também foi assinado um acordo com a organização Level 3 para a troca de informações com fins de pesquisa e de ajuda perante um possível ataque dos recursos de LACNIC.

Pare, pense, conecte-se. O acordo mais recente do WARP foi com a organização Stop Think Connection para desenvolver na América Latina e o Caribe uma campanha de mensagens de segurança para que o usuário comum se conecte de forma segura.

Martinez acredita que este acordo vai ajudar a promover e aumentar a consciência sobre a importância de usar a Internet de forma segura, especialmente entre os usuários da América Latina e o Caribe.

A campanha vai fornecer algumas dicas e advertências em relação a segurança cibernética, de modo que os usuários mais vulneráveis tenham ferramentas para que na hora de se conectar a Internet, seja de forma segura.

Suscríbete para recibir las últimas novedades en tu mail Click here to subscribe receive the latest news in your inbox. Inscreva-se aqui para receber as últimas novidades no seu e-mail